Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2014

História do Cristianismo - Pais da Igreja

O termo “Pai” era atribuído pelos fiéis aos mestres e bispos da Igreja Primitiva. Historicamente falando, surgiu devido à reverência e amor que muitos cristãos tinham pelos seus líderes religiosos dos primeiros séculos. Eram assim chamados carinhosamente devido ao amor e zelo que tinham pela igreja. Mais tarde, o termo é atribuído particularmente aos bispos do concílio de Nicéia, e posteriormente Gregório VII reivindicou com exclusividade o termo “papa”, ou seja, "pai dos pais”. Com a morte do último apóstolo, João em Éfeso, termina a era apostólica, porém Deus já havia capacitado homens para cuidar de sua Igreja, e começou uma nova era para o cristianismo. Assim, a obra que os apóstolos receberam do Senhor Jesus e a desenvolveram tão arduamente acha-se agora nas mãos de novos líderes que tinham a incumbência de desenvolver a vida litúrgica da Igreja como fizeram os apóstolos. O período que comumente é chamado de pos-apostólico é de intenso desenvolvimento do pensamento cristão. Seu…

Halloween x Reforma Protestante.

Existem muitas coisas que são perfeitamente opostas. Claro e escuro, preto e branco, bem e mal, luz e trevas, Estes são exemplos de elementos inconciliáveis, ideias notavelmente contrárias. Um é diametralmente oposto ao outro.  Algumas vezes, estas coisas nos são expostas juntas para que suas propriedades mais contraditórias  passem despercebidas. Assim, o elemento mais exposto ofusca o que recebe menos destaque.
No dia 31 de outubro muitas pessoas irão participar de festas de "Halloween", popularmente chamado de "Dia das Bruxas" no Brasil.  No mesmo 31 de outubro se comemora  uma das datas mais importantes para os evangélicos, a Reforma Protestante . Se hoje alguém pode dizer que é Evangélico e Protestante a sua história foi mudada em 31 de outubro de 1517 na “Reforma Protestante”. É impressionante a habilidade de muitos em inverter os fatos. A páscoa já não traz o legado da morte e ressurreição de Cristo (I Co 11) e sim ovos, coelhos e chocolates; o que dizer da fe…

História do Cristianismo – Primeiras Heresias

As primeiras heresias enfrentadas pela Igreja vieram dos judeus convertidos, problema já enfrentado por Paulo na igreja da Galácia.  Vamos a uma lista rápida das principais Heresias na Igreja Primitiva, logo após uma breve definição:  Docetismo – Marcionismo – Donatismo – Gnosticismo – Arianismo – Maniqueísmo – Montanismo –– Nestorianismo – Pelagianismo – Ebionitas
Os ebionitas

Não reconheciam o apostolado de Paulo e exigiam que os cristãos gentios se submetessem ao rito da circuncisão. No desejo de manterem o monoteísmo do Antigo Testamento, os ebionitas negavam a divindade de Cristo e seu nascimento virginal, afirmando que Ele só se distinguia dos outros homens por sua estrita observância da lei, tendo sido escolhido como Messias por causa de sua piedade legal. Os ebionitas eram considerados apóstatas pelos judeus não-cristãos, e também não contavam com a simpatia dos cristãos-gentios, os quais depois do ano 70 constituíam a maior parte da Igreja. Nenhum concílio condenou oficialmente o e…

Reforma Protestante e a salvação pela fé

Uma  Reforma era  necessária entre escuridão espiritual reinante na Idade Média. Durante o período medieval, muitos elementos pagãos dos povos bárbaros trazidos à confissão cristã se misturavam com a mensagem bíblica. Com o passar do tempo, esse paganismo tornou-se dominante, exigindo um resgate da verdadeira mensagem do evangelho. Uma revolução era iminente. O povo estava cansado de ser extorquido e enganado. As indulgências, meio pela qual o pecador pagava pela remissão de seus pecados, eram o principal ponto contestado.
Este ano estamos comemorando 497 anos de Reforma Protestante que iniciou no século XVI e foi um fenômeno  que  buscou de um novo entendimento sobre a relação entre Deus e os seres humanos.
Porque nele se descobre a justiça de Deus de fé em fé, como está escrito: Mas o justo viverá pela fé.  Romanos 1.17
Lutero enquanto lia este trecho de Romanos teve sua mente atravessada como que  por um raio de luz, e ele contemplou a verdadeira  essência da salvação que tanto procur…

Igreja Primitiva - Igreja Primitiva

Fontes Históricas  A primeira  e maior fonte sobre a história da Igreja é o livro bíblico de Atos dos Apóstolos, escrito por Lucas. Os acontecimentos relativos a Igreja posteriores ao livro de atos possuem como maior testemunha o livro História Eclesiástica de Eusébio de Cesareia, trata-se de um relato cronológico do desenvolvimento do cristianismo primitivo entre o primeiro e o quarto século.Existem outras fontes indiretas onde se tenta reconstruir a história da Igreja primitiva com a máxima precisão possível.Entre as fontes estão os livros dos apóstolos Paulo, Pedro, Tiago, Judas e João e alguns relatos dos pais da Igreja do I e II secúlos, como Papias, Policarpo e Clemente de Roma.


Fundação da Igreja  Quarenta dias depois de sua ressurreição, Jesus deu instruções finais aos discípulos e ascendeu ao céu (At 1.1-11). Cinqüenta dias após a Páscoa, no dia de Pentecoste, quando 120 seguidores de Cristo estavam orando a promessa da descida do Espírito Santo se cumpre, sendo este então o mar…

Panorâmica de Postagens

Evangelho Duro

Começo esta reflexão com uma frase de  do Teólogo Agostinho de Hipona:
Se você   crê   somente no que gosta do evangelho e rejeita o que não  gosta    não é  no evangelho que você    crê,   mas  sim    em si mesmo .
Existem passagens da Bíblia Sagrada que são verdadeiramente duríssimas de aceitar. Alguns discursos proferidos por  apóstolos como Tiago, Judas , Paulo, e especialmente as palavras de Cristo. Um exemplo disto temos ao ler a passagem do Evangelho de João  cap. 6.60, percebemos que muitos dos discípulos consideraram dura a mensagem de Jesus e por isso o abandonaram.
Jesus nunca esteve preocupado em usar as palavras certas para persuadir seus ouvintes ou agradá-los. De maneira alguma! Suas palavras edificavam com simplicidade e objetividade. Se alguns rejeitaram seus ensinamentos isso era devido a dureza de seus corações e não da palavra dita pelo Mestre. Cristo só disse a verdade, a simples e pura verdade, mas sempre haverão os que repudiam esta sinceridade. Saibamos que o  eva…

Declaração Universal dos Direitos do Homem

A Declaração Universal dos Direitos Humanos, que delineia os direitos humanos básicos, foi adotada pela Organização das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948.  Segundo o Guinness Book of World Records, a Declaração Universal dos Direitos Humanos é o documento traduzido no maior número de línguas. Em Dezembro de 2012, o site oficial da Declaração Universal dos Direitos Humanos informa a existência de 403 traduções disponíveis.


Clique aqui para baixar a declaração em PDF

Considerando que, na Carta, os povos das Nações Unidas proclamam, de novo, a sua fé nos direitos fundamentais do Homem, na dignidade e no valor da pessoa humana, na igualdade de direitos dos homens e das mulheres e se declararam resolvidos a favorecer o progresso social e a instaurar melhores condições de vida dentro de uma liberdade mais ampla; Considerando que os Estados membros se comprometeram a promover, em cooperação com a Organização das Nações Unidas, o respeito universal e efectivo dos direitos do homem e das lib…

Total de visualizações