Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2016

Os Pais capadócios

A região da Capadócia (também conhecida como Província da Capadócia) era localizada na área centro-oriental da Anatólia na moderna Turquia. Era um dos domínios romanos da região da Ásia Menor. Os Pais Capadócios foram três notáveis teólogos que viveram nesta região entre os concílios de Niceia (325) e o de Constantinopla (381). Sendo que suas contribuições para o Concilio constantinopolitano foram especialmente  relevantes. São eles  Basílio, Gregório de Nazianzo e Gregório de Nissa  e ficaram  conhecidos como os  Padres Capadócios.
Os três foram grandes amigos do assim chamado “Campeão da Ortodoxia” Atanásio, ou Atanásio de Alexandria , e criaram fórmulas para desenvolver a doutrina da Trindade de forma a ser aceita pela maioria dos teólogos da época. Basílio de Cesaréia e Gregório de Nissa eram irmãos, sendo que Basílio, que era seis anos mais velho, foi quem ensinou os princípios elementares da fé a seu irmão mais novo Gregório. Gregório de Nazianzo foi amigo íntimo dos dois, compartil…

Se boas obras não salvam, por que devemos praticá-las?

Resolvi responder a alguns questionamentos que são feitos aos evangélicos hoje em dia.Perguntas no que se refere às boas obras e o seu vínculo com a salvação do ser humano. São perguntas muito frequentes e que precisam de resposta. Muitos evangélicos não sabem explicar e acabam perdidos ao tentar propor uma solução. Humildemente apresento minhas conclusões. Se só boas obras não salvam, o que devemos fazer? As perguntas que ouvimos parecidas com esta são: Quem não crê no nosso Deus e não segue a Religião que o nosso Deus revelou em sua Palavra não tem direito à salvação?
Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus; não por obras, para que ninguém se glorie. Efésios 2.8,9


“Se boas obras e boas atitudes não salvam, de que adianta ficar sentado em um banco na igreja ouvindo um pastor, falar que Jesus veio ao mundo pregando aquelas coisa bonitas sobre paz e amor, se isso não vale nada?” “O que vale mais? Ficar  no banco da igreja e o nariz enfiado na bíb…

Líderes criativos e bíblicos

Hoje em qualquer atividade profissional e secular a criatividade é uma qualidade muito apreciada e importante. Os chefes desejam  ter um funcionário criativo, o empregado deseja  ser um  profissional criativo, um líder precisa ser criativo , um cientista deseja ser  criativo , inovador. O artista simplesmente precisa ser criativo para poder sobreviver com sua arte, o mesmo vale para o  professor , o arquiteto, o político, o escritor, etc. Naturalmente, repetir conceitos , atitudes e pensamentos é fácil, já nascemos prontos para isso. E inventar algo diferente e inovador também não é tão complicado. No entanto percebe-se a dificuldade quando precisamos inovar com qualidade. Este é o diferencial do criativo , ele não somente inova, mas inova com qualidade, com utilidade e com propósito. Nas Igrejas modernas a criatividade também tem se destacado como  importante qualidade para atrair fiéis.  Com pensamento mercadológico e pragmatista , muitas igrejas tem se apropriado de conceitos empresar…