Blog sobre Teologia contemporânea. Devocionais, artigos e Estudos Bíblicos indutivos

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Exaustão, vida e vigor. Salmo 119.40

Eis que tenho desejado os teus preceitos; vivifica-me na tua justiça. Salmo 119.40





Há momentos complicados na vida da gente, situações em que não nos resta nenhuma força, estamos esgotados , exauridos e paramos para descansar.
Este momento que paramos é importante para retomar o fôlego para a jornada da vida. Restabelecermos prioridades e reorganizar a mente. Parar faz bem, descansar faz parte , tomar um ar para refrescar as ideias é uma coisa muito edificante.
O problema é que muitos hoje já não estão conseguindo juntar forças para continuar a caminhar e ficam ali prostrados à beira do caminho, deixando que o desânimo tome conta de todo o seu ser. Tomaram o ar , refrescaram a mente, mas não conseguiram disposição para organizar a mente e avançar. Ali ficam prostrados e abatidos, não encontram força para viver, a vida perde o sentido e muitos chegam ao fundo de uma depressão.

Há muitas causas para a depressão, uma delas é a falta de forças. O esgotamento. Hoje em dia existem crentes esgotados, eles cansaram de lutar, cansaram de sonhar, de fazer projetos, cansaram de acreditar que Deus ainda quer algo pra suas vidas. Exaurimos todas  as  nossas forças. Alguns ainda pensam que , mesmo que Deus tenha algo para suas vidas, eles não conseguirão alcançar. Chega-se à exaustão.
E por que pensam que não conseguirão?
Por que sentem fracos. Sentem-se desmotivados. Acham-se incapazes de alcançar objetivos elevados para o Senhor. Nestes momentos é preciso aprender com o salmista e clamar ao Senhor:

"Vivifica-me Senhor! " 

 Ou talvez em uma linguagem mais comum:

 "Restaura-me Senhor!"

Alguém como o escritor deste salmo, que tem desejado andar nos caminhos do Senhor , mesmo sendo fiel, mesmo se esmerando por gradar a Deus, mesmo assim , pode se sentir cansado, abatido e sem forças, mesmo assim pode se sentir incapaz. Não existe soldado invulnerável ao desanimo, o que existe é soldados cansados que sabem a quem recorrer quando perdem as forças.
Não é feio clamar a Deus quando não encontramos forças nem para obedecer mais. Estamos fracos. Deus aprecia a nossa sinceridade e franqueza. Ele vem em nosso socorro.
A oração do salmista é para que Deus lhe desse vida, lhe desse vigor. Ora , se ele está pedindo é por que lhe falta, por que tem necessidade disto.

Ele quer viver, quer ter forças, quer se reanimar em Deus. Por isso ele anseia que o Senhor o reanime em justiça.Todos nós deveríamos aprender com este salmo a clamar quando estamos sem forças, clamar quando estamos prestes a desistir de tudo. Clamar quando desejamos sinceramente sermos renovados na justiça do Senhor.


Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Popular Posts

Sobre Mim

Sou cristão evangélico, casado com Thainá Oliveira, secretário de escola, formado em Teologia e acadêmico de filosofia. Sou membro da Igreja Presbiteriana do Brasil , na cidade de Cachoeira do Sul, RS onde resido.
Amo Jesus, minha esposa , família, minha Igreja , minha terra e também amo escrever.

IPB

IPB
Logo Igreja Presbiteriana do Brasil

Seguidores

Minha lista de blogs

Total de visualizações

Siga-me por e-mail!

Menu (Editar so No Html )

Recent Posts

Sobre Mim

Sou cristão evangélico, casado com Thainá Oliveira, secretário de escola, formado em Teologia e acadêmico de filosofia. Sou membro da Igreja Presbiteriana do Brasil , na cidade de Cachoeira do Sul, RS onde resido.
Amo Jesus, minha esposa , família, minha Igreja , minha terra e também amo escrever.

Copyright © Blog do Vitor Germano | Powered by Blogger

Design by ThemePacific | Blogger Theme by NewBloggerThemes.com