Pular para o conteúdo principal

A flor que nasce no deserto. Salmo 119.88


Vivifica-me segundo a tua benignidade; então, guardarei o testemunho da tua boca. Salmo 119.88



Vivificar é tornar a ter vida, reanimar, renovar. Deus vivificou o barro da terra  transformando-a em ser vivo, o homem. Desde Adão e Eva , todos nós nascemos e somos gerados em pecado. Isso significa explicitamente que somos gerados e programados desde o nascimento para a morte. Inescapável realidade. Precisamos de vida, mas esta vida não vem de nós , vem de Deus. O pecado nos tirou da presença de Deus, nos tirou da presença da vida, agora jazemos na expectativa da morte certa.
Mas pior ainda do que  termos  a certeza da morte física,  ainda precisamos lidar com a certeza da morte moral, espiritual e emocional do homem. A raça humana está doente, doente das emoções, dos sentimentos, doente da alma.
Todos   precisamos lutar contra a tendência natural do  nosso eu  em procurar as coisas que nos afastam da vida, nos afastam de Deus e de seus maravilhosos propósitos para nós.
Mas o salmista confiava na bondade de Deus, ele queria ser vivificado. A terra era seca ( a vida do salmista e a do ser humano pecador) , não poderia produzir vida,  mas para Deus, as coisas impossíveis são absolutamente reais.
 Palavra de Deus, que o salmista chama de "testemunhos da tua boca" é o que transmitirá vida espiritual àqueles que as lerem ou ouvirem. A Palavra transmite vida espiritual porque foi  produzida pelo Espírito de Deus,  a quem tudo pode vivificar.
Deus deseja nos reanimar, nos  ativar para uma vida plena de realização e significado. Uma vida afastada do pecado e da morte.
Deus deseja que haja mais vida em nossa vida, mais vigor em nossos dias, mais contentamento e motivação ao acordar de manhã e nos prepararmos para desfrutar o dia que o Senhor nos deu.
Deus quer que o obedeçamos, que fujamos do pecado, mas como fazer isso longe da vida e do vigor que vem dele próprio , do Espírito de Deus?
Não há maneira. Longe da força e do vigor do Espírito jamais seremos santificados, jamais poderemos cumprir os divinos mandamentos.
Precisamos ser fecundados pela Palavra para que em nós se gere vida. Fertilizados pela Palavra para que esta vida se nutra e seja forte. Podados pela Palavra para que nossa vida produza frutos e destes frutos saiam sementes e destas sementes a vida se multiplique.
Sejamos cheios de vida, cheios do Espíritos, cheios de Deus e de sua Palavra. Vivificados como uma flor que nasce no deserto.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Zwínglio o Reformador Completo

Huldreich Zwínglio (1484-1531) foi um homem formidável, acima de seu tempo. Viveu pouco tempo (47 anos) e não é tão conhecido hoje como Calvino ou Lutero, no círculo evangélico. Ele era um teólogo excepcionalmente capaz como Calvino , como também possuía qualidades de liderança e fibra que se distinguiam na personalidade de Lutero.
Zwínglio foi o líder da reforma suíça e fundador das igrejas reformadas suíças. Independentemente de Martinho Lutero, Zwínglio chegou a conclusões semelhantes pelo estudo das Escrituras. Os dois não foram influenciados em suas teologias um pelo outro, suas reformas e inovações se deram em paralelo, naturalmente guiados pelo Espírito Santo.
Ele foi famoso por propor, assim como Lutero, algumas teses que confrontavam a teologia romana. Os 67 artigos de Zwínglio. Clique AQUI para conhecer os 67 Artigos de Zwínglio. Zwínglio contrastava de Lutero pois , apesar de enérgico e implacável contra os desmandos do papa e as heresias romanas , ele sempre contestava …

Trindade Imanente e Trindade Econômica

Não se pode estudar Teologia do ponto de vista ortodoxo sem refletir a respeito da doutrina Trindade. A grande maioria das Igrejas cristãs abraça esta doutrina. Ela é básica para o Cristianismo.  A Declaração típica do credo cristão histórico é: Cremos em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo .
Os judeus do tempo de Jesus davam muita ênfase à unidade de Deus, e esta ênfase foi trazida para dentro da igreja cristã. Não muito tempo depois,  estudiosos da Bíblia notaram que a Unidade ensinada no Judaísmo não era tão evidente assim como se entendia na época. Analisando as afirmações de Cristo e as revelações do apóstolo Paulo chegou-se a conclusão de uma Triunidade, também chamada de  Trindade .
Tertuliano (ca. 160 - ca. 220 d.C.) foi o teólogo responsável pelo desenvolvimento do termo Trindade, ele criou a palavra “Trindade” (no latim, Trinitas), esse termo desde a sua época tornou-se característico da teologia cristã. Muitos teólogos do cristi…

A Importância da Reforma nos nossos dias

A Importância da Reforma nos nossos dias

Olá irmãos em Cristo. Estamos em clima de festa, pois no dia 31 de outubro comemoramos o aniversário da Reforma Protestante. E a convite do meu amigo Vitor, estou aqui para fazer um breve texto sobre a importância da Reforma nos nossos dias atuais.
Pouco se ouve falar da Reforma nos nossos dias atuais. A mídia tenta encobrir essa data com o Halloween, e as escolas quando falam sobre o assunto, na maioria dos casos, coloca os reformadores como os “vilões” da história.
A Reforma começou na Alemanha, no ano de 1517, quando o então cardeal da Igreja Católica Martinho Lutero se opôs a algumas regras e normas impostas pela Igreja Católica, como as indulgências, proibição de qualquer pessoa ler a Bíblia, o uso de imagens de santos nos cultos etc. E então, no dia 31 de outubro de 1517, Lutero coloca na parede da Catedral de Wittenberg as suas 95 Teses. E nessas teses, Lutero coloca suas oposições à grande parte daquilo que o catolicismo pregava, propagand…