Pular para o conteúdo principal

A Lealdade absoluta.Salmo 119.113

Aborreço a duplicidade, porém amo a tua lei. Salmo 119.113


Ser servo de Deus exige total integração entre nossos esforços e nossas atenções. É preciso realmente amar de todo coração aos mandamentos do Senhor. Lealdade. Nada menos que isso.
 O crente toma partido, ele se empenha, ele está conectado com a vontade de seu mestre.  O salmista entendia isso , e ele não desejava apenas fazer o "papel " de crente, mas sim ser um crente autêntico.
A vida nos oferece inúmeros papéis. Todos nós, sem exceção,durante o dia   corremos para representar cada um deles de maneira coerente e satisfatória. Não estou dizendo que todos sejamos hipócritas, mas sim que todos nós desempenhamos funções diferentes durante o dia.
Eu por exemplo,  em casa sou o Marido, no serviço  sou o Secretário, quando reunido com meus pais  sou o Filho, na Igreja  eu sou Líder  da UPH (União Presbiteriana de Homens), mas também sou Membro, sujeito a liderança pastoral, na faculdade  eu sou o Aluno, mas quando dou aula no estágio sou chamado de Professor.
Marido, Secretário, Filho, Líder, Membro, Aluno, Professor. Neste breve relato identifiquei 7 papéis que desempenho, mas creio que muitos de nós desempenhamos bem mais que isso.
É importante que não confundamos os papéis.  Em casa sou líder como esposo, mas não o mesmo líder e não com a mesma autoridade com que lidero a UPH, nem mesmo com a mesma liderança com que exerço nas aulas de estágio. Como filho , devo ser submisso aos pais, mas não com a mesma submissão que devo ao meu chefe  no serviço ou com a submissão que devo ao meu professor do curso. As coisas são diferentes, mesmo que sendo uma coisa eu não deixe de ser outra.  Por exemplo, quando sou filho, não deixo de ser marido, e quando sou aluno , não deixo de ser secretário. Mas eu devo saber respeitar a esfera de atuação que me foi conferida.
O cristão porém está debaixo de uma autoridade  superior em todos os momentos, ele jamais deve esquecer disso. Acima dos chefes e líderes , o nosso Senhor Supremo deve ser respeitado e honrado. Ele está acima de nossos pais, nosso chefe de setor, acima do pastor, do professor ou de qualquer autoridade.
ISso significa que não existe o "papel de crente". Ser servo de Deus não é uma função, pelo contrário, é nossa identidade. Lealdade e obediência em todos os momentos.
Quem é  de Deus deve agir sempre sob a autoridade do Senhor Jesus Cristo, não importa se o professor ou o líder de departamento exigir que ajamos contra esta  nossa natureza cristã. Não há espaço para duplicidade no Reino de Deus.

Não podemos negar nossa filiação celeste, somos filhos de Deus e não podemos  agir com duplicidade , isto é, agir na Igreja como cristãos e na escola como não cristãos, em casa uma coisa, na rua outra, em determinado lugar como crente em outro como não crente.  Deus exige de nós nada menos que lealdade absoluta.



Comentários

Total de visualizações