Pular para o conteúdo principal

A maligna zombaria.Salmos 119:51


Os soberbos zombaram grandemente de mim; contudo não me desviei da tua lei.  Salmos 119:51



A zombaria , a brincadeira pesada, o desprezo , a brincadeira de duplo sentido, tudo isso pertence ao modus operandi do escarnecedor. A zombaria e o riso são suas armas mais poderosas. Até mesmo mentes mais brilhantes já foram desestabilizadas por uma zombaria.
Uma das piores e mais difíceis de lidar é com a ridicularização da nossa fé. Só quem já foi zombado e ridicularizado por sua fé sabe o quanto isso pode doer.  
Se existe problema complicado de lidar, difícil de manter a paz, este problema é a zombaria, pois quem se sente humilhado quer revidar a afronta e isso pode gerar graves contendas. Este tipo de procedimento é tão grave que pode causar depressão severa nas pessoas. Este é o famoso bullying  (Segundo definição da web: Bullying é um termo utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo ou grupo de indivíduos causando dor e angústia, sendo executadas dentro de uma relação desigual de poder.)

Eis o caso, o escarnecedor só zomba daqueles do qual se acha superior. Ele ri do tolo, por que ele nãos e acha tolo,  ele ri do fraco por ser mais fraco que ele, ri do miserável por ser mais pobre que ele, ele ri do homem de pouca sorte por sofrer mais que ele.  Resumindo, o escarnecedor é  uma das piores espécies de soberbos que existe pois além de se considerar superior e menosprezar  as qualidades de outrem, o orgulho, a soberba e a vaidade são tudo que alimenta o seu ego, um ego inchado que zomba de  toda e qualquer pessoa sem consideração aos seus sofrimentos.
Sorrir é bom e faz bem ao coração e a alma, mas o sorriso do escarnecedor é cruel, maligno e cheio de imundícia.
O zombador se ergue contra o aflito , o humilhado, o ferido e o aflige ainda mais, o seu sorriso é tal como o estalo de espinhos ao fogo debaixo da panela, assim é o riso dos insensatos, como diz o livro de Eclesiastes.
O escarnecedor é uma pessoa ímpia , que ofende os pais, a moral, a justiça, que não reverencia autoridades, totalmente arrogante e insensato.
Há muitos que zombam na fé alheia sem nenhuma cerimônia. O escárnio é uma manifestação maligna, irônica ou maliciosa, por meio do riso, palavras ou gestos, e com que se ridiculariza ou expõe ao desdém uma pessoa, instituição, atitude. A zombaria vem para desestabilizar a pessoa. O zombador deseja que o alvo de seu ataque se ofenda e parta para a agressão, seja verbal ao física. Quando ele percebe que a pessoa  está transtornada, desestabilizada emocionalmente, ele se sente realizado. Seu prazer é mexer com as emoções de seu semelhante apenas para ter o prazer de vê-lo sofrer ou perturbado.,
Muitos quando zombam ainda justificam dizendo, "a pessoa entende", ou " ela não leva a mal" , "é só brincadeira".
Não, não é só brincadeira, é algo muito terrível que ocorre na mente de uma pessoa que sofre zombaria, isso pode danificar para sempre o tecido emocional da pessoa. Espiritualmente pode ser um desastre. Quem pratica o deboche nunca pode ter certeza do alcance do dano que está a fazer.
Claro que não adianta nada dizer para o ímpio parar de zombar, o espirito dele está manchado pelo pecado. Porém é fundamental entendermos que o deboche não é uma atitude digna de um cristão. Causar feridas profundas nunca foi e nunca será  o ideal de um servo de Deus, e se você porventura pratica este tipo de atitude reveja bem seu procedimento, lembre-se que pode estar a machucar profundamente um irmão. Um sorriso de escárnio pode penetrar no fundo da alma, como uma lança e ali fazer sangrar uma alma até que ocorra uma grande hemorragia de sofrimento.
Como o salmista disse "os soberbos zombaram de mim", sim só pode ser muito soberbo quem se acha digno de menosprezar e rir de  um semelhante.
O próprio salmista também recomenda no salmo primeiro:
"Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores."
Porém é inevitável que soframos da zombaria dos incrédulos. Jesus mesmo foi zombado, escarnecido e injuriado pelos seus patrícios.
Paulo foi zombado, Pedro , Jeremias, Ezequiel, Neemias sofreu nas mãos de Tobias e Sambalate que zombavam constantemente de sua liderança em Israel.
Como lidar com isso? Vejamos o que disse o salmista: "contudo não me desviei da tua lei".
O segredo é não fugir do compromisso com Deus, não nos desviarmos de nossas atitudes corretas, por mais difícil que nos pareça suportar a zombaria.
Zombam do moço que não quer fazer como os outros e beijar só por beijar: dizem " ele é um tolo, um panaca".
Zombam do homem que não deseja adulterar: " ele é um puritano, todos os homens fazem isso , é normal"
Zombam da dona de casa que se esmera em cuidar de sua família : "ela é uma boba, deveria deixar  seus filhos e maridos e cuidar apenas de si"
Zombam do jovem que não vai em baladas, boates  para ir aos cultos , domingos à noite: " Ele é um tolo perdendo sua juventude".
Ora, o que percebemos é que a zombaria dos ímpios quer nos afastar de Deus e de seus caminhos. É preciso resistir a isso, sofrer pela nossa fé, por nossos princípios e  jamais ceder aos escárnios  do mundo.
Apesar de se achar, o ímpio não é superior ao cristão fiel, porque despreza a vontade  de Deus para sua vida. Não é superior por agir contra os princípios bíblicos. Na verdade é digno de piedade quem cede, é digno de lástima quando um servo piedoso sucumbe à zombaria e faz a vontade da carne.
Não sejamos assim, nem dentre os zombadores, nem dos que se deixam levar pelo escárnio e sucumbem às tentações.
Sejamos como o salmista que disse que ele não sucumbiria perante o escárnio e provocação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Zwínglio o Reformador Completo

Huldreich Zwínglio (1484-1531) foi um homem formidável, acima de seu tempo. Viveu pouco tempo (47 anos) e não é tão conhecido hoje como Calvino ou Lutero, no círculo evangélico. Ele era um teólogo excepcionalmente capaz como Calvino , como também possuía qualidades de liderança e fibra que se distinguiam na personalidade de Lutero.
Zwínglio foi o líder da reforma suíça e fundador das igrejas reformadas suíças. Independentemente de Martinho Lutero, Zwínglio chegou a conclusões semelhantes pelo estudo das Escrituras. Os dois não foram influenciados em suas teologias um pelo outro, suas reformas e inovações se deram em paralelo, naturalmente guiados pelo Espírito Santo.
Ele foi famoso por propor, assim como Lutero, algumas teses que confrontavam a teologia romana. Os 67 artigos de Zwínglio. Clique AQUI para conhecer os 67 Artigos de Zwínglio. Zwínglio contrastava de Lutero pois , apesar de enérgico e implacável contra os desmandos do papa e as heresias romanas , ele sempre contestava …

Trindade Imanente e Trindade Econômica

Não se pode estudar Teologia do ponto de vista ortodoxo sem refletir a respeito da doutrina Trindade. A grande maioria das Igrejas cristãs abraça esta doutrina. Ela é básica para o Cristianismo.  A Declaração típica do credo cristão histórico é: Cremos em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo .
Os judeus do tempo de Jesus davam muita ênfase à unidade de Deus, e esta ênfase foi trazida para dentro da igreja cristã. Não muito tempo depois,  estudiosos da Bíblia notaram que a Unidade ensinada no Judaísmo não era tão evidente assim como se entendia na época. Analisando as afirmações de Cristo e as revelações do apóstolo Paulo chegou-se a conclusão de uma Triunidade, também chamada de  Trindade .
Tertuliano (ca. 160 - ca. 220 d.C.) foi o teólogo responsável pelo desenvolvimento do termo Trindade, ele criou a palavra “Trindade” (no latim, Trinitas), esse termo desde a sua época tornou-se característico da teologia cristã. Muitos teólogos do cristi…

A Importância da Reforma nos nossos dias

A Importância da Reforma nos nossos dias

Olá irmãos em Cristo. Estamos em clima de festa, pois no dia 31 de outubro comemoramos o aniversário da Reforma Protestante. E a convite do meu amigo Vitor, estou aqui para fazer um breve texto sobre a importância da Reforma nos nossos dias atuais.
Pouco se ouve falar da Reforma nos nossos dias atuais. A mídia tenta encobrir essa data com o Halloween, e as escolas quando falam sobre o assunto, na maioria dos casos, coloca os reformadores como os “vilões” da história.
A Reforma começou na Alemanha, no ano de 1517, quando o então cardeal da Igreja Católica Martinho Lutero se opôs a algumas regras e normas impostas pela Igreja Católica, como as indulgências, proibição de qualquer pessoa ler a Bíblia, o uso de imagens de santos nos cultos etc. E então, no dia 31 de outubro de 1517, Lutero coloca na parede da Catedral de Wittenberg as suas 95 Teses. E nessas teses, Lutero coloca suas oposições à grande parte daquilo que o catolicismo pregava, propagand…