Pular para o conteúdo principal

O Sofrimento e Excelência. Salmo 119.67

Antes de ser afligido andava errado; mas agora tenho guardado a tua palavra.  Salmos 119:67



Este versículo é profundamente aplicável a vida de qualquer servo de Deus. Desde o primeiro homem, Adão, passando por Noé, Abraão, Moisés , Davi , chegando no Novo Testamento onde  temos Pedro, João, entre outros, todos sem exceção, aprenderam e aprenderam muito com seus sofrimentos.  A dor molda os corações.
Parece algo batido , repetido, mas sempre é preciso lembrar, não há amor sem correção,  a planta que não é cuidada e podada não produz bom fruto.
As engrenagens da nossa vida são sensíveis,  nossa personalidade é regida por mecanismos sofisticados, criados por Deus para serem movidos apenas por ele. Somente Ele é capaz de determinar , com precisão cirúrgica, onde e quando deve intervir e com que força;
Sabemos que, indiscutivelmente, o oleiro nunca aplica demasiada força quando vai moldar o vaso em suas mãos. Com sua grandíssima perícia ele vai amassando, moldando, retirando os excessos, trabalhando o seu barro para que se torne um útil e bonito Vaso. Assim também Deus age com seus servos, todo sofrimento, toda lágrima, toda aflição tem um objetivo perfeitamente específico para tratar na vida de cada um. Nada é em vão, nenhuma dor no dedinho mínimo é aleatória ou sem sentido, tudo tem um propósito específico. Ele não nos traz sofrimento demasiado, que venha nos tirar qualquer expectativa de redenção, pelo contrário cada gota de dor é divinamente controlada para produzir o máximo de excelência em nossa vida.
Deus está a produzir em nós um caráter excelente, um caráter aprovado, ele deseja que reproduzamos em nós as características de seu Filho Jesus Cristo. Jesus sim foi um exemplo de fidelidade absoluta, pois guardou todos os  divinos preceitos. Jesus Cristo aprendeu a obediência pelas coisas que sofreu. Claro que seu sofrimento nunca foi merecido, mas ele estava a nos dar o exemplo.

Antes de sermos corrigidos, antes de sermos admoestados, fazíamos o que era do nosso agrado e da maneira que nos apetecia. 
Nada neste mundo nos faria mudar nossa confortável maneira de viver se não fosse uma imperiosa necessidade de escapar ou de vencer o sofrimento. Nosso Senhor é sapientíssimo, ele sabe que ferramenta irá usar para trabalhar em nossa vida, sabe como quebrar nosso orgulho e vaidades carnais, pecados tão traiçoeiros que nos afastam dEle.


Neste sentido o sofrimento que Deus nos proporciona objetiva a excelência, e nada menos do que isso é aceitável perante Deus.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Zwínglio o Reformador Completo

Huldreich Zwínglio (1484-1531) foi um homem formidável, acima de seu tempo. Viveu pouco tempo (47 anos) e não é tão conhecido hoje como Calvino ou Lutero, no círculo evangélico. Ele era um teólogo excepcionalmente capaz como Calvino , como também possuía qualidades de liderança e fibra que se distinguiam na personalidade de Lutero.
Zwínglio foi o líder da reforma suíça e fundador das igrejas reformadas suíças. Independentemente de Martinho Lutero, Zwínglio chegou a conclusões semelhantes pelo estudo das Escrituras. Os dois não foram influenciados em suas teologias um pelo outro, suas reformas e inovações se deram em paralelo, naturalmente guiados pelo Espírito Santo.
Ele foi famoso por propor, assim como Lutero, algumas teses que confrontavam a teologia romana. Os 67 artigos de Zwínglio. Clique AQUI para conhecer os 67 Artigos de Zwínglio. Zwínglio contrastava de Lutero pois , apesar de enérgico e implacável contra os desmandos do papa e as heresias romanas , ele sempre contestava …

Trindade Imanente e Trindade Econômica

Não se pode estudar Teologia do ponto de vista ortodoxo sem refletir a respeito da doutrina Trindade. A grande maioria das Igrejas cristãs abraça esta doutrina. Ela é básica para o Cristianismo.  A Declaração típica do credo cristão histórico é: Cremos em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo .
Os judeus do tempo de Jesus davam muita ênfase à unidade de Deus, e esta ênfase foi trazida para dentro da igreja cristã. Não muito tempo depois,  estudiosos da Bíblia notaram que a Unidade ensinada no Judaísmo não era tão evidente assim como se entendia na época. Analisando as afirmações de Cristo e as revelações do apóstolo Paulo chegou-se a conclusão de uma Triunidade, também chamada de  Trindade .
Tertuliano (ca. 160 - ca. 220 d.C.) foi o teólogo responsável pelo desenvolvimento do termo Trindade, ele criou a palavra “Trindade” (no latim, Trinitas), esse termo desde a sua época tornou-se característico da teologia cristã. Muitos teólogos do cristi…

A Importância da Reforma nos nossos dias

A Importância da Reforma nos nossos dias

Olá irmãos em Cristo. Estamos em clima de festa, pois no dia 31 de outubro comemoramos o aniversário da Reforma Protestante. E a convite do meu amigo Vitor, estou aqui para fazer um breve texto sobre a importância da Reforma nos nossos dias atuais.
Pouco se ouve falar da Reforma nos nossos dias atuais. A mídia tenta encobrir essa data com o Halloween, e as escolas quando falam sobre o assunto, na maioria dos casos, coloca os reformadores como os “vilões” da história.
A Reforma começou na Alemanha, no ano de 1517, quando o então cardeal da Igreja Católica Martinho Lutero se opôs a algumas regras e normas impostas pela Igreja Católica, como as indulgências, proibição de qualquer pessoa ler a Bíblia, o uso de imagens de santos nos cultos etc. E então, no dia 31 de outubro de 1517, Lutero coloca na parede da Catedral de Wittenberg as suas 95 Teses. E nessas teses, Lutero coloca suas oposições à grande parte daquilo que o catolicismo pregava, propagand…